Polícia prende acusado de cometer assassinatos na Ilha do Marajó; comparsa segue foragido

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Policiais da Delegacia de Polícia Civil de Breves, vinculada à Superintendência Regional do Marajó Ocidental (Sudepol), prenderam na manhã desta quarta-feira, 25, um homem identificado como Jamelis Almeida Correa. Ele é acusado de assassinar Anderson Pereira da Silva, no dia 12 de maio deste ano, e deve ser indiciado pelo crime de lesão corporal seguida de morte.

Outro investigado, Leonardo Almeida da Silva, conhecido como cabal, segue foragido. O superintendente do Marajó Ocidental, delegado Paulo Junqueira, explicou que os investigadores chegaram até Jamelis depois de receberem um mandado judicial de prisão contra o acusado. O suspeito foi localizado em sua casa, onde, ainda, foi cumprido um mandado de busca e apreensão.

CONTINUE LENDO...

A polícia também foi até o endereço de cabal com um mandado de prisão, mas ele não se encontrava na residência e nenhum familiar deu pistas sobre o seu paradeiro.

Com informações do Notícias Marajó.

VER MAIS

VER MAIS