Reprodução/Instagram @fernandoholiday
Reprodução/Instagram @fernandoholiday

Vereador denuncia poema entregue em escolas que chama policiais e juízes de estupradores; assista

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Na última quarta-feira, 25, o vereador Fernando Holiday (Novo-SP) fez um pronunciamento na Câmara Municipal de São Paulo denunciando um poema entregue nas escolas públicas de São paulo para crianças com 11 anos. O poema em questão aponta policiais, juízes e o presidente da República como estupradores, além de chamar o próprio leitor de estuprador.

Em seu discurso, Holiday critica a distribuição do poema alegando que ele contribuiria para a ‘distorção do censo de cidadania’ dos jovens, já que parte das autoridades mencionadas “arriscam todos os dias para proteger a sua vida são estupradores”, citando que os alunos seriam “obrigados ver esse tipo de conteúdo por falta de opção”, sugerindo que a educação domiciliar, chamada de homeschooling, seria uma opção importante para pais insatisfeitos com este tipo de conduta.

CONTINUE LENDO...

O vereador também destaca a importância dos pais avaliarem os conteúdos ensinados nas escolas e contestar, se necessário. Veja o discurso completo a seguir:

VER MAIS

VER MAIS