Litro do diesel no Pará é o 4° mais caro do Brasil, aponta estudo

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O preço médio do litro do óleo diesel segue em alta no Pará. O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) informou que estado encerrou o mês de abril como o segundo estado da Região Norte com o preço mais caro, oscilando entre R$5,860 e R$8. Foi o estado com o quarto preço mais elevado de todo o país.

Somente de janeiro a abril deste ano, o reajuste acumulado subiu quase 22%, bem acima da inflação calculada em 4,49% no mesmo período no Pará. Com base nas informações oficiais da Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre o balanço da trajetória de alta no preço do produto comercializado em postos de combustíveis. Entre os dias 22 a 28 de maio, o preço do diesel voltou a ficar mais caro. Em Belém, o preço médio foi de R$7,392.

CONTINUE LENDO...

A cidade com preço mais caro foi Alenquer: R$7,924; seguida de Parauapebas, com R$7,780; Conceição do Araguaia, com preço médio de R$7,841; Cametá com R$7,653 e Marabá com R$7,485

Confira a tabela

Tendência de alta

Segundo o Dieese, no Pará, os aumentos sequenciais nos preços dos combustíveis tem “efeito dominó” na economia, impactando de forma generalizada a formação de preço de bens, produtos e serviços, contribuindo diretamente com o crescimento da inflação e perda de poder aquisitivo. “Infelizmente a tendência ainda é de mais altas no preço do produto em função principalmente da política de paridade, alta do dólar e também dos impactos econômicos da guerra na Ucrânia”, afirma o estudo.

Com informações do Dieese/PA.

VER MAIS

VER MAIS