Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

‘Se Gusttavo votasse no Lula a mídia estaria passando pano’, diz Danilo Gentili; entenda

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O apresentador Danilo Gentili revelou sua opinião sobre a polêmica envolvendo os cachês do sertanejo Gusttavo Lima em contratos entre o cantor e prefeituras do país. Gentili disse que se o cantor fosse um apoiador do ex-presidente Lula, a repercussão sobre o caso seria diferente.

“Se Gusttavo Lima todo ano tirasse foto apoiando o Freixo e votasse Lula a mídia estaria passando pano. Estaríamos lendo no UOL hoje mesmo ‘como dinheiro de prefeituras em shows gera renda e fomenta a economia local’. Aqui no Brasil tudo depende do lado que você está”, disse o apresentador em um tweet publicado nesta terça-feira, 31.

CONTINUE LENDO...

Atualmente, Gusttavo Lima tem sido alvo de uma investigação por parte do Ministério Público e já teve algumas apresentações canceladas em três estados brasileiros. Na noite de ontem, 30, durante uma live realizada no Instagram, o artista fez um profundo desabafo e foi incisivo na sua defesa.

“Eu precisava, acima de tudo, desabafar com vocês e falar sobre todas essas perseguições que eu estou sofrendo na minha vida pessoal, no meu trabalho, em tudo, de coração, eu estou cansado a ponto de jogar a toalha”, iniciou o sertanejo, visivelmente abalado. O Embaixador afirmou ainda que está sendo tratado como um criminoso diante da imprensa e reforçou que não possui ligação com dinheiro público.

“Estamos vivendo uma geração cruel, que vale tudo por mídia, por clique, tudo para vender uma matéria. Meu nome não tem qualquer ligação com dinheiro público, meu dinheiro vem da minha garganta. Se um dia eu fiz um show de prefeitura, como todos os artistas fazem, não é porque é prefeitura X ou Y que eu vou deixar de cobrar o meu preço”, concluiu.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS