Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Próximo adversário do Remo, Campinense sofre com gols de bola parada

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

As bolas alçadas na área vêm sendo o grande calo na chuteira do Campinense na temporada 2022. Dos últimos sete gols sofridos pelo Rubro-Negro, apenas um não sai nesse tipo de jogada, situação que preocupa e que já acendeu um sinal de alerta na comissão técnica do clube.

Desde a partida contra o ABC, na derrota por 1 a 0, pela terceira rodada da Série C, de todos os gols sofridos pelo Campinense, entre partidas do Brasileiro e do Campeonato Paraibano, apenas um deles não surgiu de bola aérea, que foi no empate em 1 a 1 contra a Aparecidense, com o adversário marcando um gol com um passe rasteiro de Renato para Alex Henrique, que chutou para o fundo da rede.

CONTINUE LENDO...

Todos os outros seis gols desse recorte saíram pelo alto. Três deles aconteceram após cobranças de escanteio: dois da direita para a esquerda — no empate em 1 a 1 na semifinal estadual contra o Sousa e na última partida, a derrota por 1 a 0 para o Vitória — e um da esquerda para a direita — no empate em 1 a 1 com o Botafogo-PB, pela Série C.

O elenco do Campinense se reapresentou nesta terça-feira, iniciando os trabalhos de olho no jogo da 9ª da Série C, contra o Remo, fora de casa. O próximo compromisso do Rubro-Negro acontece na próxima segunda-feira, às 20h.

VER MAIS

VER MAIS