Freepik
Freepik

Quilo do frango aumenta 30% na Grande Belém, aponta Dieese

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O frango congelado apresentou uma alta de mais de 30% nos últimos 12 meses, segundo o levantamento pelo Dieese-PA. Já o resfriado teve alta de mais de 14%. A pesquisa foi realizada nos supermercados da Grande Belém.

Segundo o Dieese, o quilo do frango congelado custava, em maio de 2021, foi comercializado em média a R$ 7,61. Encerrou o ano passado sendo comercializado em média a R$ 9,85. No início deste ano, foi comercializado em média a R$ 8,92. Em abril de 2022, foi comercializado em média a R$ 9,79. No mês passado, com nova alta, foi comercializado em média a R$ 10,23.

CONTINUE LENDO...

Com isso, o aumento foi de 4,49% em relação ao mês de abril. Nos cinco primeiros meses deste ano, o produto subiu 3,86% e nos últimos 12 meses a alta acumulada alcançou 34,43%.  

Já o quilo do frango resfriado era vendido, em maio de 2021, por R$ 10,26. Em dezembro do mesmo ano, a R$ 12,20. No início de 2022, custava R$ 12,20. Em abril, foi comercializado por R$ 11,70. No mês passado, manteve a mesma média e foi vendido a R$ 11,70.

O que mostra a estabilidade em relação ao mês de abril e recuo de 4,10% nos cinco primeiros meses deste ano. Entretanto, nos últimos 12 meses, o preço do produto apresenta reajuste acumulado de 14,04%.

VER MAIS

VER MAIS