Divulgação/Congenital Ear Institute
Divulgação/Congenital Ear Institute

Em procedimento inédito, cientistas implantam orelha usando impressão 3D

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Na última quinta-feira, 2, pesquisadores norte-americanos anunciaram que recentemente conseguiram imprimir uma orelha por meio de impressora 3D para implantar em uma mulher de 20 anos que nasceu com má formação. Cientistas ao redor do mundo se esforçam para diminuir a fila de transplantas por meio de técnicas inovadores.

De acordo com informações do jornal The New York Times, a empresa 3DBio Therapeutics, responsável pelo procedimento, utilizou um tipo de tinta biológica feita de colágeno mesclada às células da própria paciente para minimizar os riscos do organismo rejeitar a orelha. Dessa forma, a orelha em questão foi composta de tecido vivo e impressa tal como um produto de plástico.

CONTINUE LENDO...

O médico, Arturo Bonilla, que realizou o implante disse que as cartilagens devem seguir se regenerando, ganhando uma aparência cada vez mais natural na paciente.

A descoberta é uma esperança para que os cientistas passem a aplicar a técnica em outras partes do corpo, visando um dia imprimir até mesmo órgãos como rins, pulmões e fígados.

“É tão emocionante, que às vezes eu preciso me controlar. Se tudo acontecer como programamos, isso revolucionará os transplantes”, celebrou Bonilla.

Com informações do Pleno News

VER MAIS

VER MAIS