Pedro Guerreiro/ Agência Pará
Pedro Guerreiro/ Agência Pará

Pará reduz em quase 50% o desmatamento no mês de maio, apontam dados do Inpe

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram


O Pará reduziu em 49% o desmatamento no mês de maio se comparado com o mesmo período de 2021. Os dados ainda mostram que, entre agosto de 2020 a maio de 2021 e agosto de 2021 a maio de 2022, a diminuição foi de 18% de alertas de desmatamento no estado. A Amazônia Legal apresentou diminuição de 10%. Os dados foram apresentados nesta segunda-feira pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas)

Segundo a Semas, os números mostram que as ações para conter o problema estão refletindo na redução dos alertas de desmatamento apontados pelo sistema Detecção do Desmatamento em Tempo quase Real (Deter), pertencente ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

CONTINUE LENDO...

O sistema Deter, do Inpe, realiza um levantamento rápido de alertas de evidências de alteração da cobertura vegetal na Amazônia, para dar suporte à fiscalização e controle de desmatamento e da degradação florestal, a órgãos com essas competências.

Em números absolutos, na comparação dos meses de maio de 2021 e o deste ano, o DETER aponta o desmatamento de uma área de 556 km² no ano passado, e 285,65 km² em maio de 2022. Já no acumulado (agosto de 2020 a maio de 2021 e agosto de 2021 a maio de 2022), os números são: 2.896,15 km² (Ano Prodes 2021), 2.362,74 km² (Ano Prodes 2022).

Na análise por jurisdição, de acordo com os números obtidos pela Semas fornecidos pelo Inpe, as áreas estaduais de alertas de desmatamento, em maio de 2022, apresentaram redução de 53% em relação ao mesmo mês em 2021, com contribuição de 30% no desmatamento total do estado, em maio de 2022. As áreas de gestão federal atingiram 67% do total do desmatamento no Pará em 2021 e 70% até 31 de maio de 2022.

Com informações da Agência Pará

VER MAIS

VER MAIS