Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik

Prazo para comprar ações da Eletrobras com FGTS acaba nesta quarta-feira; saiba como fazer

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O prazo para reserva de saldo para investir em ações da Eletrobras com o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) encerra as 12h desta quarta-feira, 8. O prazo vale também para quaisquer alterações ou cancelamentos. Vale destacar que o valor mínimo para a aplicação é de R$ 200, e o máximo, de até 50% correspondente ao saldo disponível na conta do fundo.

O prazo mínimo do investimento será de 12 meses. Depois disto, o valor da negociação volta para o saldo do FGTS. Porém, durante o período de carência, os valores podem ser resgatados nas hipóteses de demissão, aposentadoria, falecimento, uso para moradia, três anos sem registro em carteira, doenças graves, assim como nos casos em que o trabalhador que completa 70 anos e de calamidade pública.

CONTINUE LENDO...

Embora a adesão às ações tenha começado na última sexta-feira, 3, o preço de cada ação na oferta será definido apenas na quinta-feira, 9 de junho. A ação da estatal fechou em R$ 41,90 na Bolsa brasileira na última segunda-feira, 6, mas o preço pode variar. A compra será por meio dos FMP-FGTS (Fundos Mútuos de Privatização), da mesma forma que aconteceram as vendas de ações da Petrobras e da Vale.

Para fazer a reserva, o primeiro passo é autorizar a administradora escolhida pelo trabalhador a consultar o saldo do FGTS. Isso já pode ser feito pelo aplicativo do FGTS, que também permite realizar uma simulação de investimento. Em seguida, o trabalhador deve optar por uma das administradoras habilitadas na oferta, que são: Caixa, Banco do Brasil, Bradesco, BTG Pactual, Daycoval, Genial Investimento, Itaú, Safra, Santander e XP Investimento.

Com informações do R7

VER MAIS

VER MAIS