Ascom Semec
Ascom Semec

Lista de aprovados na segunda chamada pública de educadores do Alfabetiza Belém é divulgada

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Movimento República de Emaús divulgou a lista dos 40 educadores e coordenadores selecionados na segunda chamada pública do programa Alfabetiza Belém. A relação, que inclui ainda os aprovados que compõem o cadastro de reserva, pode ser conferida AQUI.

Esta segunda chamada pública do Alfabetiza Belém é coordenada pelo Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra (MST), que adota o método “Sim, eu posso!”, uma iniciativa de alfabetização em massa que foi utilizada para erradicar o analfabetismo em Cuba e hoje é aplicada em vários países.

CONTINUE LENDO...

Os dias 7 e 8 de junho estão reservados para a convocação e mobilização dos educadores e coordenadores selecionados para a formação inicial do Alfabetiza Belém, que ocorrerá de 9 a 11 de junho. A formação inicial tem como objetivo dialogar sobre o método “Sim, eu posso!” e o legado de Paulo Freire e da educação popular como matriz de referência para as políticas educacionais em Belém.

Os candidatos que estão sendo convocados atenderam à segunda chamada pública do Programa Alfabetiza Belém, lançada em 24 de maio pelo MST e o Movimento de Emaús, a partir de convênio firmado com a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Alfabetiza Belém

Trata-se uma ação prioritária da Prefeitura de Belém, que tem como objetivo reduzir o número de pessoas não alfabetizadas na capital. Segundo o Cadastro Único para Programas Sociais (Cadúnico), há mais de 11 mil pessoas na situação de não alfabetização na cidade.

Para enfrentar este cenário, o Alfabetiza Belém, que reúne a Prefeitura, por meio da Semec, Movimentos Sociais, as Universidades Federal do Pará (UFPA) e do Estado do Pará (Uepa), o Instituto Federal do Pará (IFPA), a Faculdade Integrada Brasil Amazônia (Fibra) e instituições das esferas municipal e estadual, ofertará as turmas de alfabetização em todos os distritos da cidade.

As turmas são destinadas a jovens a partir dos 15 anos de idade, adultos e idosos e começarão a funcionar ainda neste primeiro semestre de 2022.

Com informações da Agência Belém

VER MAIS

VER MAIS