Reprodução: PMAM
Reprodução: PMAM

Suspeito de sumiço de jornalista e indigenista diz que foi torturado pela PM do Amazonas

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O pescador Amarildo da Costa Oliveira, contou em uma audiência de custódia em Atalaia do Norte, que foi agredido e torturado por policiais quando foi preso na última terça-feira , 7.

Amarildo foi detido temporariamente pela Policia Civil do Amazonas, por ser suspeito de envolvimento no desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips.

CONTINUE LENDO...

O Acusado relatou que os policiais o agrediram , usaram uma sacola para sufoca-lo que o levou a desmaiar. A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, informou em nota, que os relatos da suposta agressão serão devidamente apurados e que todas as ações do sistema de segurança do Amazonas são pautadas pela legalidade e disse não compactuar com desvios de conduta.

O caso vai ser apurado pela Defensoria Pública do Estado.

VER MAIS

VER MAIS