Foto: Alessandra Serrão/Arquivo Comus
Foto: Alessandra Serrão/Arquivo Comus

Icoaraci recebe Festival Gastronomia das Ilhas no dia 2 de julho

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O distrito administrativo de Icoaraci, distante cerca de 20 km de Belém, será palco da terceira edição do Festival de Gastronomia das Ilhas, promovido pela Prefeitura de Belém, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), com apoio da Fundação Escola Bosque (Funbosque), Universidade da Amazônia (Unama) e Agência Distrital de Icoaraci (Adic).

O festival foi planejado para ocorrer dentro da ação “Verão da Nossa Gente”, da Prefeitura de Belém. Dentre os objetivos se destacam a retomada dos segmentos turístico e gastronômico em Icoaraci, um dos mais impactados pela pandemia da covid-19 nos últimos dois anos.

CONTINUE LENDO...

O festival será realizado das 11 às 16 horas, nos dias 2, 3, 9 e 10 de julho, respectivamente, aos sábados e domingos do mês julho, considerado de alta temporada, devido às férias escolares e do chamado “Verão Amazônico”, período de sol intenso e praias lotadas.

O evento reunirá diversos empreendedores, entre barracas de praia e restaurantes localizados na orla de Icoaraci. Os estabelecimentos participantes do festival vão criar pratos especiais e inéditos para o evento ao preço individual de R$ 59,90, com direito à entrada, prato principal e sobremesa.

Histórico:

O distrito de Icoaraci, também conhecido como “Vila Sorriso”, pertence ao município de Belém. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), possui cerca de 200 mil habitantes. Seu nome é de origem Tupi que significa “sol do rio”.

Icoaraci possui um parque industrial e um polo de artesanato em cerâmica, com destacada importância cultural para a região amazônica.

Possui também um centro gastronômico da culinária paraense. Sua orla é uma das principais atrações turísticas do distrito, com a famosa água de coco bastante apreciada por moradores e turistas.

A primeira edição do evento foi realizada na ilha do Combu, em outubro de 2021. A segunda edição foi realizada nos dias 14 e 15 de maio de 2022, no distrito administrativo de Mosqueiro e estendida por três finais de semana seguintes com grande participação de público.

Selo Unesco:

Desde 2015, Belém possui o selo de Cidade Criativa da Gastronomia, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O selo tornou a cidade uma referência mundial em gastronomia, passando a integrar a rede de cidades criativas da Gastronomia, que buscam desenvolvimento de maneira sustentável e de modo socialmente justo.

Atualmente, a administração do selo está sob a responsabilidade da Codem que promove, apoia e fortalece eventos e atividades nessa área, sendo ainda responsável pela elaboração dos relatórios e articulações junto à Unesco, poder público, iniciativa privada e sociedade civil.

O Brasil possui quatro cidades com selo da gastronomia criativa: Florianópolis (RS), Paraty (RJ), Belo Horizonte (MG) e Belém (PA). “Belém tem uma das culinárias mais ricas e originais do país, que tem raízes indígenas e possui influências portuguesas e africanas. Possui um caráter nativo com ingredientes baseados na fauna e flora amazônicas”, afirma o gastrólogo Rodin Miranda.

Insumos para o mundo ver e sentir

Ingredientes como o açaí, tacacá, peixe filhote no tucupi, maniçoba e pirarucu têm atraído o interesse de especialistas, chefs em gastronomia e turistas de todo o mundo. Cozinheiros brasileiros e estrangeiros estão vindo à região procurando inspiração nessa culinária criativa.

É devido à originalidade e às possibilidades de sua cozinha exótica que o Pará é um dos destinos gastronômicos mais promissores do mundo. A culinária de Belém transforma esta experiência em uma viagem pelo universo amazônico, mistura cores e sabores típicos dessa região, com ingredientes exóticos e exclusivamente regionais direto de quem pesca, colhe ou produz mantendo sua originalidade em todos os pratos que oferece.

Fonte: Agência Belém

VER MAIS

VER MAIS