Foto: Agência Pará
Foto: Agência Pará

Óbidos registra três casos suspeitos da Síndrome de Haff e emite alerta

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Prefeitura Municipal de Óbidos, divulgou um alerta que recomenda a suspensão temporária do consumo dos peixes pirapitinga, tambaqui e pacu, espécies que podem levar pessoas a serem contaminadas com a doença da urina preta (Síndrome de Haff). O alerta se deu por conta de três casos que estão sendo investigados na cidade.

A doença da urina preta, ainda não tem cura e pode levar a óbito, segundo um levantamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sespa) desde o final de 2021, o Pará não tinha nenhum alerta relacionado a doença.          

CONTINUE LENDO...

Segundo um estudo da Fiocruz, a toxina também está relacionada à crustáceos como o camarão, sendo indicada a cautela no consumo do mesmo.

VER MAIS

VER MAIS