Divulgação / Ministério da Economia
Divulgação / Ministério da Economia

Secretária da Economia ligada a Guedes deve assumir a presidência da Caixa

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Apesar de ainda não ter sido anunciada oficialmente a saíde de Pedro Guimarães da presidência da Caixa Econômica Federal, o presidente Jair Bolsonaro (PL) já escolheu o nome de quem vai assumir o cargo. Trata-se de Daniella Marques, atual secretária especial de Produtividade e Competitividade e braço direito o ministro Paulo Guedes. A decisão ocorreu em uma reunião na manhã desta quarta-feira, 29, no Planalto. A informação é da colunista Carla Araújo, do UOL.

Pedro Guimarães é acusado de assédio sexual por funcionárias do banco estatal. A expectativa é que o governo formalize a demissão dele ainda hoje e faça o anúncio oficial do nome de Daniella. A escolha é vista como uma forma de amenizar a crise criada pela acusação. Segundo pessoas próximas ao presidente, Bolsonaro decidiu colocar uma mulher no cargo para mostrar que não compactua com as acusações de assédio do ainda presidente da Caixa.

CONTINUE LENDO...

Daniella está no governo desde o início, sendo braço-direito do Ministro da Economia, Paulo Guedes. Ela começou como assessora especial de Guedes, já que ambos trabalharam no mercado financeiro juntos. Com o passar do tempo, Daniella ganhou espaço com o presidente Jair Bolsonaro.

VER MAIS

VER MAIS