Eder Pisco e André Cavalcante vão integrar a nova diretoria da FPF. (Fotos: Luís Carlos/Tuna e Arquivo Pessoal)
Eder Pisco e André Cavalcante vão integrar a nova diretoria da FPF. (Fotos: Luís Carlos/Tuna e Arquivo Pessoal)

Com ex-presidente do Remo, Ricardo Gluck Paul começa a definir nova diretoria da FPF

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Menos de 24 horas após ser eleito o novo presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), Ricardo Gluck Paul já começou a definir os nomes que vão compor a sua gestão na casa do futebol paraense. O primeiro nome confirmado é o de André Cavalcante para o cargo de diretor jurídico da entidade.

Em contato com a reportagem do Portal Roma News no final da manhã desta quinta-feira, 30, André Cavalcante confirmou que vai assumir o cargo na Federação e que já havia sido anunciado pelo próprio presidente Ricardo Gluck Paul.

CONTINUE LENDO...

André Cavalcante é bacharel em direito pela Universidade Federal do Pará e, além da advocacia geral, já atuou na área esportiva, sendo diretor jurídico do Remo em 2014 e presidente do clube durante o ano de 2016.

A entrada dele na Federação Paraense de Futebol é para substituir Gilberto Alves, então diretor jurídico da gestão Adelcio Torres.

Competições

Já no departamento de competições, Eder Pisco é o novo mais forte para assumir a direção. Em contato com a reportagem na manhã desta quinta-feira, ele afirmou não ter nada definido quanto ao assunto. No entanto, revelou que terá uma reunião na tarde de hoje na sede da FPF com Ricardo Gluck Paul para tratar do assunto.

Eder Pisco esteve como diretor de futebol da Tuna entre 2020 e 2021. Na época, ele conquistou o acesso à fase principal do Parazão de 2021 e o título da Segundinha do Parazão. Já em 2021, ele foi vice-campeão estadual com a Tuna.

Caso aceite o convite, Eder Pisco vai substituir Del Filho, que comandou o departamento durante a gestão Adelcio Torres.

VER MAIS

VER MAIS