Divulgação / Globo
Divulgação / Globo

Globo libera Juliano Cazarré de gravações de Pantanal

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O ator Juliano Cazarré recebeu liberação da TV Globo das gravações da novela Pantanal, para acompanhar o tratamento da filha recém-nascida, Maria Guilhermina, diagnosticada com Anomalia de Ebstein, uma cardiopatia congênita rara. As informações são da jornalista Patricia Kogut, do jornal O Globo.

Por meio de suas redes sociais, Cazarré relatou que a menina, que nasceu no dia 21 de junho e foi diagnosticada com Anomalia de Ebstein, uma cardiopatia na válvula tricúspede, abriu os olhos.

CONTINUE LENDO...

A condição do bebê pode resultar em um aumento do coração. Nas redes sociais, o famoso e a esposa Letícia Cazarré mostraram um pouco da rotina de como tem sido o acompanhamento com a caçula no hospital. O casal revelou que foi em uma missa e pediu para que o padre orasse pela pequena. “Minutos depois, chegamos na UTI, ela acordou e abriu os olhos para ver papai e mamãe”, contou.

Por conta da situação grave, a bebê precisou passar por uma intervenção cirúrgica, que correu bem e ela “segue estável, se recuperando e recebendo os melhores cuidados”. Em uma das postagens, o ator de Pantanal declarou: “Maria Guilhermina chegou com um coração especial, dilatando também os nossos corações e os de todos ao seu redor! Nos exames pré-natais, descobrimos que ela teria uma cardiopatia congênita rara, chamada Anomalia de Ebstein”.

“Ao longo da gestação, os médicos perceberam que o caso dela seria um dos mais raros e graves dentro da anomalia e, por isso, decidimos vir para São Paulo para que ela pudesse nascer com a equipe mais especializada. Ela nasceu muito bem, surpreendeu a todos com muita força e saúde! ”, expôs.

Com informações do RD1

VER MAIS

VER MAIS