Foto: Ascom/Semob
Foto: Ascom/Semob

Linha fluvial municipal Icoaraci-Cotijuba retorna atividades para o trapiche de Icoaraci

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) informa que, a partir desta quinta-feira, 30, a linha hidroviária municipal Icoaraci-Cotijuba, que faz a travessia para a ilha de Cotijuba, retorna para trapiche de Icoaraci, localizado na rua Siqueira Mendes.

Com a conclusão dos serviços de instalação do novo flutuante e da passarela de embarque e desembarque em Icoaraci, a linha fluvial Icoaraci-Cotijuba sairá da Ilha de Cotijuba, às 17h, já rumo ao trapiche de Icoaraci. A próxima travessia será às 18h30, saindo do trapiche de Icoaraci para Cotijuba.

CONTINUE LENDO...

Com a volta da travessia para Icoaraci, a operação também retorna com os horários diários das viagens no trecho Cotijuba/Icoaraci às 5h45 e 17h. Já no trecho Icoaraci/Cotijuba, os horários diários para a travessia são às 9h e 18h30.

O valor da tarifa do transporte é de R$ 4,00 e a meia passagem R$ 2,00, nos dias úteis. Aos sábados, domingos e feriados, o valor é R$ 8,00 e a meia passagem R$ 4,00. Todas as gratuidades previstas em lei são asseguradas no serviço ofertado pelo Município.

Entenda o caso – O serviço de transporte fluvial Icoaraci-Cotijuba ofertado pela Prefeitura de Belém estava suspenso temporariamente por causa do flutuante que afundou na noite de 15 de junho.

No dia 23, a Semob determinou a transferência da linha hidroviária municipal para o trapiche Chico Sampaio, no distrito de Outeiro. A Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb) concluiu a instalação do novo flutuante, da passarela de embarque e desembarque do trapiche de Icoaraci, no último dia 25.

A travessia para Cotijuba funcionou em caráter excepcional e provisório em Outeiro até a manhã desta quinta-feira, 30, enquanto aguardava a liberação da Capitania dos Portos para o acesso de passageiros no novo flutuante do trapiche de Icoaraci.

Fonte: Agência Belém

VER MAIS

VER MAIS