Atirador do 4 de julho nos EUA planejava segundo ataque no mesmo dia

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Apontado como responsável pelo tiroteio que acabou matando sete pessoas durante desfile de 4 de julho nos Estados Unidos, Robert E. Crimo III, 22 anos, teria cogitado cometer um segundo ataque no mesmo dia.

Segundo o porta-voz Christopher Covelli, policial local, Crimo planejava um tiroteio em Madison, capital do estado de Wisconsin, próximo a Chicago.

CONTINUE LENDO...

O jovem foi preso e enfrenta sete acusações de assassinato em primeiro grau. Segundo o promotor Ben Dillon, ele confessou autoria pelo tiroteio no desfile após ser detido pela polícia.

Na quarta, 6, teve fiança negada pelo juiz Theodore Potkonjak. O magistrado entendeu que o atirador é uma ameaça à comunidade. Caso condenado, ele pegará prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.

Os indícios apontam que o atirador estava em um telhado quando fez os disparos. Um fuzil foi encontrado e apreendido nas proximidades do local.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS