Mensagens de acusado revelam intenção de matar jovem em Icoaraci: ‘desejo ver ele sem vida’; leia na íntegra

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após o anúncio da transferência de Arlindo de Jesus Corrêa Neto, acusado de mandar matar o estudante de odontologia, Kairon Melo, para uma penitenciária estadual, a Polícia Civil divulgou mensagens enviadas pelo acusado que revelam a intenção dele de matar o jovem muito antes do crime, no último dia 22 de junho, dentro de um condomínio no distrito de Icoaraci, em Belém.

“Não me bato com polícia nem com justiça, com eles eu me resolvo. Eu não estou nem aí se vou ser preso ou não. Só quero f* com o coração dela, assim como tá o meu (…) Eu não vou descansar enquanto eu não pegar ele”, diz Arlindo em um dos trechos da mensagem. A polícia não revelou para quem o conteúdo foi enviado, mas as mensagens deixam clara a intenção de Arlindo de fazer algo contra Kairon. “Meu maior desejo é ver ele sem vida”, escreveu.

CONTINUE LENDO...

Leia na íntegra:

O mandado de prisão temporária contra ele pelo homicídio do estudante foi expedido nesta quinta-feira, 7, e cumprido na tarde de hoje. Arlindo, no entanto, já se encontrava detido pelo crime de furto qualificado. A polícia segue investigando a participação de pelo menos outros dois indivíduos, que seriam os executores do crime.

Kairon Silva Melo foi executado a tiros enquanto estava sentado próximo ao bloco do residencial onde morava a namorada dele, que é ex-namorada de Arlindo. A vítima foi assassinada por dois homens em uma motocicleta. A motivação do crime seria o fato de Arlindo não aceitar o fim do namoro e o novo relacionamento da jovem.

VER MAIS

VER MAIS