Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Emerson Fittipaldi consegue acordo, evita penhora de carros e dívida de R$ 416 mil

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Enfrentando problemas financeiros e alvo de ações judiciais que levaram seus carros históricos a serem penhorados, o bicampeão mundial de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi fechou acordo com um de seus credores. Trata-se da Sax Logística de Shows e Eventos, que prestou um serviço de R$ 416 mil para o ex-piloto em 2012, mas até então não havia recebido.

No processo, a juíza Fabiana Marini havia determinado a penhora de bens que estão em um imóvel localizado na Avenida Rebouças, em São Paulo, sede da empresa de Fittipaldi até que se alcançasse o valor da dívida. Lá estão carros e troféus históricos do ex-piloto.

CONTINUE LENDO...

O acordo, no entanto, ficou sob sigilo, mas Paulo Carbone, advogado da Sax, afirma que não envolveu nenhum veículo e que seu cliente ofereceu um desconto para evitar mais desgaste.

Além de piloto, Emerson Fittipaldi teve uma carreira como empresário que lhe rendeu mais de R$ 55 milhões em dívidas no País e, ao menos, 145 processos judiciais para cobrar esses débitos. Para sanar essas dívidas, os credores de Fittipaldi vivem uma verdadeira corrida para encontrar seus bens, em especial, seus carros. O ex-piloto já foi acusado de esconder patrimônio no Brasil enquanto leva uma boa vida nos Estados Unidos.

VER MAIS

VER MAIS