Foto Arquivo Pessoal e Fábio Pozzebom (Agência Brasil)
Foto Arquivo Pessoal e Fábio Pozzebom (Agência Brasil)

Bolsonaro faz chamada de vídeo com familiares de petista assassinado em festa de aniversário; assista

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Nesta terça-feira, 12, o presidente Jair Bolsonaro (PL) entrou em contato, através de uma chamada de vídeo, com a família do guarda municipal Marcelo Arruda, assassinado no último domingo, 10, pelo policial penal Jorge José da Rocha Guaranho, que está internado após também ser ferido a tiros. De acordo com a investigação do caso, os dois tiveram um desentendimento por conta da festa de 50 anos de Marcelo, que teria como tema o PT (Partido dos Trabalhadores), realizado em Foz do Iguaçu, no Paraná.

A ligação do presidente ocorreu através do deputado Otoni de Paula, do MDB do Rio de Janeiro. Na conversa, Bolsonaro comenta que a “esquerda” está tentando atribuir a morte de Marcelo a ele e, durante a conversa, o presidente faz um convite aos familiares da vítima para participarem de uma coletiva de imprensa a ser realizada na quinta-feira, 15. “A ideia é ter uma coletiva com a imprensa para vocês falarem a verdade, não é a esquerda ou a direita. A imprensa está tentando desgastar o meu governo”, disse Bolsonaro.

CONTINUE LENDO...

De acordo com o colunista Guilherme Amado, do Metrópoles, Bolsonaro conversou com dois irmãos de Marcelo Arruda, que são apoiadores do presidente. Apesar de não terem confirmado presença na coletiva, eles afirmaram que “não querem que a morte de Marcelo seja explorada politicamente”. Veja o vídeo:

Com informações do BHAZ

VER MAIS

VER MAIS