Reprodução/TV Globo
Reprodução/TV Globo

Enfermeiras que denunciaram anestesista serão homenageadas na Assembleia Legislativa do Rio

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A equipe de enfermagem que gravou e denunciou à polícia o estupro praticado pelo anestesista Giovanni Quintella contra uma grávida, durante uma cesariana, será homenageada com uma moção de congratulações e aplausos na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A proposição é de autoria da deputada estadual Rosane Felix (PL), que vai apresentar a medida na volta do recesso parlamentar. Rosane elogiou a coragem da equipe de gravar o ato, o que foi considerado pela própria delegada Barbara Lomba, responsável pelo caso, como fundamental para a detenção de Quintella.

CONTINUE LENDO...

“O parto é algo sagrado, é um momento sublime onde o respeito deve prevalecer. O crime praticado pelo anestesista é hediondo, nojento, mas graças à coragem e ao comprometimento profissional das enfermeiras, foi encerrada uma carreira criminosa que provavelmente fez várias vítimas”, ressaltou Rosane.

Com informações do Pleno News

VER MAIS

VER MAIS