Divulgação/Projeto Tamar
Divulgação/Projeto Tamar

Brasil assina acordo internacional e anuncia sistema de monitoramento do Oceano Atlântico

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Assinado na quarta-feira, 13, o acordo All-Atlantic Declaration, que envolve os Estados Unidos, Canadá, União Europeia, África do Sul e Brasil na proteção e exploração econômica sustentável das águas do Oceano Atlântico. Como parte da iniciativa, O Brasil lançará um sistema inovador de monitoramento das águas em uma ação conjunta com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos, (NOAA, na sigla em inglês), informou o secretário de Pesquisa e Formação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcelo Morales.

“(A declaração) coloca todos juntos para trabalhar pela pesquisa e inovação de forma sustentável, com exploração sustentável do Oceano Atlântico, para que ele seja mais resiliente. E também trabalhar para a mitigação da poluição. Para isso, temos que trabalhar com a melhor ciência disponível”, informou Morales. Ele cita também que o acordo visa, entre vários objetivos, reduzir a quantidade de plástico e detritos em águas internacionais, além de regular a mineração oceânica e fixar metas e objetivos para que as atividades econômicas realizadas no Atlântico sejam efetuadas de forma sustentável.

CONTINUE LENDO...

“Algas, microrganismos e elementos da biodiversidade marítima podem representar ativos importantes para novas moléculas para o tratamento de doenças que ainda são incuráveis. Assim como falamos da Amazônia, onde temos uma biodiversidade imensa, também temos uma biodiversidade gigantesca nos oceanos”, explicou.

Com informações da Agência Brasil

VER MAIS

VER MAIS