Estudantes da UFPA são finalistas em competição nacional de empreendedorismo social

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Time Enactus da Universidade Federal do Pará conquistou nesta quinta-feira, 14, pela quinta vez, a vaga na final da competição que premia as melhores iniciativas de empreendedorismo social do Brasil, o Evento Nacional Enactus Brasil (ENEB).

Durante o evento, os times universitários da rede Enactus de todo o Brasil apresentam os resultados do trabalho desenvolvido durante o ano e são avaliados por uma banca de profissionais e executivos de grandes empresas.

CONTINUE LENDO...

O time da UFPA concorreu com outros 46 times do Brasil na liga principal, conquistando lugar entre os quatro finalistas e sendo o único da Região Norte na última etapa da competição. A classificação garante a participação na grande final, que acontecerá em São Paulo, no dia 29 de julho, na Expo Center Norte, onde os universitários apresentarão ao vivo para a banca os projetos desenvolvidos.

Nos últimos anos, o Time Enactus UFPA foi campeão nacional duas vezes, em 2019 e 2020, e vice-campeão em 2021, e tem grandes expectativas para esse ano. A vitória na competição nacional garantirá um lugar na etapa global, para representar o Brasil entre outros 36 países, na Enactus World Cup 2022, que ocorrerá em Porto Rico, em outubro deste ano.

Trabalhar pelo desenvolvimento sustentável da Amazônia é o que guia diariamente o grupo de estudantes da UFPA, que mantém diversos projetos de empreendedorismo social para atender comunidades vulneráveis no Pará. Entre os projetos criados pelos estudantes está o Anamã, que desenvolve e instala sistemas de coleta de resíduos, como as ecobarreiras e ecopontos, que reutilizam garrafas PET para conter o escoamento de resíduos plásticos nos rios e canais de Belém, impedindo que os resíduos cheguem aos oceanos. Outra iniciativa é o projeto Gira Sol, que desenvolve tecnologias de energia limpa para o processamento sustentável de alimentos, como fornos solares e briquetadeiras, para beneficiar comunidades tradicionais da Amazônia. Além da competição na liga principal, durante o ENEB presencial em São Paulo, o time também concorrerá na final de outros prêmios com os projetos desenvolvidos, entre eles os patrocinados pela Amanco Wavin, BIC, Cargill e Ford C3.

Para a estudante de Enfermagem e presidente da Enactus UFPA, Monique Amoras, a classificação na liga principal da competição e a indicação a tantos outros prêmios reflete um ano inteiro de muito esforço e dedicação. “Enfrentamos desafios e precisamos nos superar em um cenário de pós-pandemia, estar na final da competição demonstra toda a dedicação de estudantes que escolhem desenvolver negócios de impacto social e são agentes transformadores da sociedade. Estamos extremamente felizes e honrados em representar o Pará mais uma vez”, conta. E para ajudar nos custos da viagem para São Paulo, os estudantes organizaram um bazar, com venda de roupas e livros, que ocorrerá no dia 16 de julho (sábado), das 8h às 17h, na Rua Ângelo Custódio, 302, Cidade Velha. Para saber mais como ajudar os estudantes e acompanhar o time na competição, acesse as @enactusufpa no Instagram. Conheça todos os projetos do Time Enactus UFPA no Instagram e Facebook.Sobre o Time Enactus UFPA – Fundado em 2014, por alunos de diversos cursos da Universidade Federal do Pará, tem como missão desenvolver líderes que, por meio de ações empreendedoras, sejam capazes de empoderar pessoas para transformar comunidades, melhorando a qualidade de vida e o bem-estar social.

Mais de 213 mil pessoas já foram impactadas pelo Time da Enactus UFPA em Belém.

Com informações Ascom Enactus UFPA.

VER MAIS

VER MAIS