Freepik
Freepik

Com recorde na arrecadação, mercado financeiro vê momento ‘favorável’ na economia

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Nesta quinta-feira, 21, o Ministério da Economia divulgou dados que foram recebidos com otimismo pelo mercado. A Secretaria da Receita Federal divulgou que a arrecadação do governo federal com impostos, contribuições e demais receitas atingiu a marca de R$ 181 bilhões em junho. É o maior valo registrado para o mês desde 1995. 

O valor registra acréscimo real (descontando a inflação) de 17,96% em relação a junho de 2021. No período acumulado de janeiro a junho de 2022, a arrecadação alcançou o valor de R$ 1,1 trilhão, representando um acréscimo pelo Índice de Preços do Consumidor (IPCA) de 11%.

CONTINUE LENDO...

Quanto às receitas administradas pela Receita Federal, o valor arrecadado em junho de 2022 foi de R$ 174,3 milhões, representando um acréscimo real de 17,12%. Enquanto isso, no período acumulado de janeiro a junho de 2022, a arrecadação alcançou R$ 1 trilhão, registrando acréscimo real de 9%.

O acréscimo observado no período pode ser explicado, principalmente, pelo crescimento dos recolhimentos de imposto de renda. O ministro da Economia, Paulo Guedes, ao comentar os dados, defendeu que o país vive o “início de um longo ciclo de crescimento”.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS