Haas / Grande Prêmio
Haas / Grande Prêmio

GP da França de Fórmula 1 começa com altas temperaturas por causa de onda de calor na Europa

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A onda de calor que atingiu a Europa e causou estragos, com direito a mais de 1.000 mortes em Portugal e na Espanha, também trouxe recordes históricos de temperatura para várias localidades na França, além de incêndios florestais de propriedades devastadoras no sudoeste do país. O fim de semana da Fórmula 1 começa nesta sexta-feira , 22, no circuito de Paul Ricard, e tem de encarar as altas temperaturas.

O primeiro treino livre da Fórmula 1 está marcado para as 14h locais (9h de Brasília, GMT-3). A expectativa é de que a temperatura esteja em 29°C e com sensação térmica de 32°. A umidade relativa do ar bate em 55%, enquanto os ventos ficam em 19 km/h e com rajadas de 20 km/h. Não há chances de chuva. As informações são do serviço de meteorologia Accuweather.

CONTINUE LENDO...

Já às 17h locais (12h de Brasília), horário do segundo treino livre da Fórmula 1, a situação é parecida: temperatura segue em 28°C, mas a sensação cai um pouco, para este mesmo número. A umidade permanece em 55%, ao passo que os ventos caem para 17 km/h de média e rajadas que alcançam até 26 km/h. O dia inteiro será de sol e céu aberto.

É verdade que o clima não chega aos 40°C que partes como Nantes e Brest passaram na semana passada, mas a cidade de Le Castellet, onde está o circuito, próxima a Marselha, terá um dia com sensação térmica cruzando a margem dos 30°C: o que significa mais de 40°C no asfalto.

Com informações do Grande Prêmio

VER MAIS

VER MAIS