Crédito: Divulgação/Cruzeiro
Crédito: Divulgação/Cruzeiro

Rafael Cabral é decisivo nos pênaltis e Cruzeiro elimina o Remo na Copa do Brasil

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Remo está eliminado da Copa do Brasil 2022. Na noite desta quinta-feira, 12, a equipe azulina foi eliminada nos pênaltis pelo Cruzeiro. No tempo normal, Edu fez 1 a 0 para o Cruzeiro e nos pênaltis, Rafael Cabral defendeu quatro cobranças para garantir a passagem da equipe celeste à próxima fase da competição.

O jogo

CONTINUE LENDO...

Precisando reverter a vantagem conseguida pelo Remo no primeiro jogo em Belém, o Cruzeiro foi pura intensidade e pressão no primeiro tempo. Logo no primeiro minuto de jogo, o “cartão de visita” foi entregue ao Leão. Matheus Bidú recebeu na esquerda, fez o cruzamento e Edu chegou escorando na segunda trave. Ligada no lance, a zaga do Remo chegou afastando.

Dois minutos depois, Luvannor recebeu livre de marcação dentro da grande área. O atacante celeste dominou e bateu na saída de Vinícius. Por sorte, o goleiro do Remo “deixou” o pé e acabou fazendo a defesa, evitando o primeiro gol do jogo.

A primeira chance do Remo no jogo apareceu apenas aos 11 minutos. Fernandinho viu o goleiro Rafael Cabral adiantado e mandou de antes do meio de campo. O goleiro celeste foi rápido e conseguiu fazer a defesa.

Aos 31 minutos, o zagueiro Lucas Oliveira chegou perto de abrir o placar na Arena Independência. Com liberdade no meio de campo, ele avançou e arriscou do meio da rua. O goleiro Vinícius se esticou e contou com a ajuda da trave para ver a bola sair pela linha de fundo.

Pressionou e conseguiu!

Na volta do intervalo, o Cruzeiro seguiu na alta intensidade em busca do gol. A primeira estocada celeste aconteceu aos três minutos. Após bate rebate na área, Edu parou em Vinícius e na sobra Rodolfo mandou por cima do gol. Aos nove minutos, Edu perdeu a sua melhor chance no jogo. Dentro da grande área, ele recebeu livre de marcação e acabou batendo por cima do gol.

Em seguida, Daniel Junior teve duas chances no mesmo estilo. Na primeira, ele canetou Anderson Uchôa no meio de campo e bateu de fora da área para boa defesa de Vinícius. Depois, ele recebeu na direita, trouxe para o meio e bateu da entrada da área. A bola passou rente ao travessão e foi para fora.

Aos 30 minutos, o Cruzeiro, enfim, conseguiu abrir o placar! Após cobrança de escanteio da direita, Rafa Silva escora de cabeça e Edu, dentro da pequena área, toca para o fundo do gol. Cruzeiro 1 a 0.

Depois do gol celeste, quase o Remo empatou com Erick Flores. Lailson fez o cruzamento na cabeça do camisa 12 azulino, mas a bola foi caprichosamente saindo pela linha de fundo. E ficou nisso: Cruzeiro 1 x 0 Remo e decisão nos pênaltis!

Rafael Cabral neles!

Na disputa por pênaltis, o goleiro Rafael Cabral consagrou o Cruzeiro na Arena Independência. O goleiro defendeu quatro cobranças, fazendo com que a Raposa garantisse uma vaga nas oitavas da Copa do Brasil.

VER MAIS

VER MAIS