Unidades de Conservação da Região Metropolitana de Belém ofertam atividades gratuitas de turismo e lazer

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Neste domingo, 24, duas Unidades de Conservação na Região Metropolitana de Belém realizam programações especiais de ecoturismo, esporte e lazer voltadas a todos os públicos, com entrada gratuita.

As atividades no Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna (Peut), na capital paraense, e no Refúgio de Vida Silvestre (Revis) Metrópole da Amazônia, em Marituba, integram a campanha “Um Dia no Parque”, mobilização nacional em defesa da proteção dos biomas brasileiro.

CONTINUE LENDO...

O esporte de aventura está em destaque no Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna, com passeio ciclístico, trilha e a atividade “Caminho das águas”, com uma caminhada ecológica e bóia cross. Também será realizada uma observação de aves, prática conhecida como “Birdwatching”, em que os participantes, no meio da natureza, partem em busca de pássaros que não se costumam ver comumente em ambientes urbanos. Além de proporcionar contato com a biodiversidade amazônica, o Peut foi criado com para preservar ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, estimular a realização de pesquisas científicas e, além disso, incentivar o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, incluindo o turismo ecológico na capital paraense. Ele se estende ao município de Ananindeua e tem 1,393.088 hectares. “Uma Unidade de Conservação pode trazer muitos benefícios para o ser humano, como o fornecimento de água, ar puro, sementes, frutos, espaço de lazer, esportes e contemplação. Queremos que as pessoas se engajem e saibam a importância de proteger os nossos biomas, com sua fauna, flora e os modos de vida de povos e comunidades tradicionais.

Marituba

Em Marituba, a programação inicia com uma trilha ecológica na Revis com posterior visitação às ruínas históricas da antiga fazenda Pirelli. Distante 23 quilômetros de Belém, a Unidade de Conservação estadual tem 6.367.27 hectares e também abrange os municípios de Ananindeua (5,7%), Benevides (30,5%) e Santa Isabel do Pará (14,9%). Ela pode ser acessada através do Km 14 da BR-316, seguindo por mais quatro quilômetros na Estrada da Pirelli. O

Revis conserva parte dos 31% restantes de florestas primárias da RMB e foi criado no terreno de uma antiga fábrica de pneus, de onde foi retirada a borracha de um enorme seringal. De acordo com a prefeitura municipal, algumas pesquisas apontaram a presença também de várias espécies vegetais ameaçadas de extinção, como o acapu, o angelim, o cedro, a castanheira do Pará e a ucuúba branca.

VER MAIS

VER MAIS