‘Qual ameaça estou oferecendo para a democracia?’, questiona Bolsonaro

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O presidente Jair Bolsonaro (PL) questionou a mobilização que a Carta pela Democracia está causando, após o documento ultrapassar mais de 100 mil assinaturas em 24 horas. Em conversa com simpatizantes, na saída do Palácio da Alvorada, o mandatário perguntou se era uma ameaça para a democracia.

“Carta pela democracia? Qual ameaça estou oferecendo para a democracia?”, questionou Bolsonaro ao dar início ao assunto. Na fala, ele ainda acusou os presidentes de bancos de estarem patrocinando a mobilização.

CONTINUE LENDO...

“Você pode ver, esse negócio de carta aos brasileiros, da democracia, os banqueiros estão patrocinando. É (com) o Pix que eu dei uma paulada neles. Os bancos digitais, também nós facilitamos. Estamos acabando com o monopólio dos bancos. Estão perdendo o poder”, sugeriu o chefe do Executivo.

Na quarta-feira, 28, enquanto caminhava para o Congresso Nacional para uma convenção partidária, Bolsonaro também teceu críticas à carta, a qual classificou como “cartinha”.

A divulgação de uma Carta em Defesa da Democracia se tornou um dos principais fatos políticos da semana no Brasil por representar ampla união de ideologias políticas distantes uma das outras em quase tudo, mas consensuadas em apoio ao sistema eleitoral brasileiro.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS