Se passando por policiais, pistoleiros matam jovem na frente da esposa e filhos com 20 tiros no Pará

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Um homem identificado como Eduardo Braga de Sousa, 27 anos, foi executado por pistoleiros com cerca de vinte tiros, na frente da esposa e dos dois filhos pequenos. Segundo informações, Eduardo foi surpreendido pelos criminosos, que ainda não foram identificados, enquanto estava na companhia da família, dentro de casa. O crime aconteceu na madrugada da quarta-feira, 27, no setor Tanaka II, em Xinguara, no sul do Pará.

De acordo com testemunha, dois homens se passando por “policiais” bateram na porta da casa da vítima e chamaram Eduardo ordenando que ele abrisse imediatamente a porta da residência. Como ele não respondeu, os criminosos atiraram duas vezes, arrombaram a porta da casa, foram até o quarto onde ele estava com a família e o mataram na frente da esposa e das duas crianças. No local, a polícia encontrou cerca de 20 cápsulas de pistola calibre 380.

CONTINUE LENDO...

Ainda de acordo com o relato de um vizinho de Eduardo, os moradores da área ficaram apavorados com a quantidade de tiros efetuados.

A Delegacia de Polícia Civil de Xinguara instaurou um inquérito para apurar o homicídio, que tem indícios de crime encomendado, uma vez que a vítima já tinha passagens pela Polícia.

VER MAIS

VER MAIS