Rato entra em bermuda e morde criança durante oração em escola

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Uma criança de 9 anos foi mordida por um rato na escola, em Vila Velha (ES), na última quarta-feira, 27. O menino contou à mãe que o roedor entrou pela bermuda durante uma oração e o mordeu na parte de trás da coxa.

Após o incidente, funcionários da escola entraram em contato com a mãe do garoto, Iara Brito, que o levou para a Unidade de Saúde de Jardim Colorado. No local, o médico disse que não era necessário tratamento, mas Iara decidiu procurar uma segunda opinião.

CONTINUE LENDO...

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Riviera da Barra, uma médica disse que o menino precisava tomar soro antirrábico. A família, no entanto, até esta sexta-feira, 29, não conseguiu encontrar o medicamento.

“Está sendo assim o dia todo, ontem foi o dia todo, de posto em posto, mas não conseguimos, não tivemos sucesso. Não acha, esse que é o problema. Isso deixou a gente, a família, muito chateada porque é um caso preocupante”, contou a mãe.

Iara disse que o ferimento piorou desde quarta-feira e que o menino reclama de dor no local. Ele ainda não voltou à escola por medo.

A Secretaria de Educação de Vila Velha afirmou que a escola passou por serviço de desratização neste mês e que deverá acontecer novamente em outubro. A secretaria também informou que “lamenta o ocorrido e informa que o aluno recebeu atenção pedagógica e médica assim que o fato, extremamente incomum, aconteceu”.

O órgão também ressaltou que o tratamento contra leptospirose deve ser feito somente quando houver sintomas. Já sobre raiva, especialistas afirmam que a chance de um rato transmitir a doença é muito pequena.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS