Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Criminosos matam professor dentro de motel para roubar R$250

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Um professor de 40 anos, identificado como Mário Nunces de Moraes, foi assassinado dentro de um motel por um jovem de 18 anos e um adolescente de 16, em Manaus (AM). De acordo com informações da polícia, eles cometeram o crime para roubar da vítima uma quantia de R$ 250. O crime aconteceu no último dia 21 de julho.

De acordo com a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Deborah Barreiros, o professor teria conhecido os suspeitos na noite do dia 20 de julho, em um bar, após assistirem uma partida de futebol.

CONTINUE LENDO...

Posteriormente eles teriam saído à procura de outro bar para beber e acabaram parando no motel, localizado no bairro Coroado, na zona Leste de Manaus.

Em certo momento que eles estavam no motel, Mário teria saído com os suspeitos até um posto de combustível para sacar dinheiro em um caixa eletrônico.

“No momento em que a vítima entra no banheiro, o homem e o adolescente combinam de pegar o dinheiro dele, cerca de R$ 250. A partir do momento em que o professor sai do banheiro, ambos iniciam as agressões a ele com golpes de mata-leão que o fizeram ficar desacordado. Entretanto, quando eles começam a colher os pertences, a vítima acorda e eles iniciam luta corporal que resulta em sua morte”, detalhou Deborah.

Segundo a delegada, os suspeitos alegam que a quantia em dinheiro seria R$ 250, porém, eles também teriam levado o aparelho celular do professor, cartões e outros pertences que estavam no carro da vítima.

Segundo a polícia, o laudo da perícia deve constatar se houve consumo de outras substâncias além do álcool.

Procedimentos

O suspeito de 18 anos responderá pelo crime de latrocínio e será encaminhado para audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Já o adolescente, que também possui passagem por ato infracional análogo ao tráfico de drogas e roubo, deverá responder pelo latrocínio. O menino foi encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), e deverá cumprir medida socioeducativa de internação provisória.

Com informações do Na Hora da Notícia

VER MAIS

VER MAIS