Reprodução/Arquivo Pessoal
Reprodução/Arquivo Pessoal

Bombardeio russo mata um dos empresários mais ricos da Ucrânia; Governo acredita em crime premeditado

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Na noite do último sábado, 30, o empresário Oleksiy Vadatursky, fundador e controlador da Nibulon, gigante de grãos ucraniana, foi morto durante um ataque russo. A esposa dele, Raisa Mykhailivna, também estava na casa da família, que foi bombardeada por mísseis na cidade de Mykolaiv.

Vadatursky era considerado um dos maiores representantes do setor agrícola do país. A revista Forbes cita que o empresário teve a fortuna estimada em US$ 430 milhões (equivalente a R$ 2,2 bilhões) no ano de 2021.

CONTINUE LENDO...

A Nibulon é especializada na plantação de trigo, milho e cevada e sua estrutura possui os próprios navios e estaleiros para organizar a produção e distribuição.

Em seu canal do Telegram utilizado para pronunciamentos oficiais, Mykhailo Podolyak, assessor do chefe do gabinete do presidente Volodymyr Zelensky, a ação é um “assassinato deliberado bem pensado e organizado”.

“Vadatursky era um dos maiores agricultores do país, uma pessoa-chave na região e um grande empregador. O acerto preciso do míssil não apenas na casa, mas em uma ala específica – o quarto – não deixa dúvidas sobre a orientação e correção do impacto. Mais uma vez: Vadatursky foi feito de alvo”, argumenta.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS