Reprodução/Omelete
Reprodução/Omelete

Bridgerton: Netflix processa produtoras de musical inspirado na série

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Netflix decidiu abrir um processo judicial contras as produtoras Abigail Barlow e Emily Bear (Barlow & Bear), criadoras de um musical inspirado na produção. O musical “The Unofficial Bridgerton Musical”, apresentada em Washington, nos Estados Unidos, usa diálogos, personagens e situações do programa e, de acordo com a plataforma de streaming, suas idealizadoras teriam se recusado a chegar a um acordo com a detentora dos direitos da adaptação da obra de Julia Quinn.

“A Netflix apoia a criação de conteúdo por parte dos fãs, mas Barlow & Bear deram muitos passos adiante, buscando criar receita para si sem permissão formal para utilizar a marca Bridgerton”, afirmou a Netflix através de um porta-voz.“Tentamos muito trabalhar com a Barlow & Bear, e elas se recusaram a cooperar. Os criadores, elenco, roteiristas e equipe deram seus corações e almas em Bridgerton e estamos tomando medidas para proteger seus direitos”.

CONTINUE LENDO...

A escritora Julia Quinn se manifestou sobre o caso, e disse que gosta do conteúdo original de Barlow & Bear, criado inicialmente para o TikTok, mas afirmou que há uma grande diferença entre compartilhar músicas na plataforma e vendê-las sem permissão dos autores originais. “Espero que elas entendam a necessidade de proteger a propriedade intelectual de outros profissionais, incluindo os personagens e histórias que criei nos romances de Bridgerton há mais de vinte anos”.

Vale lmebrar que, até o momento Barlow & Bear ainda não haviam se manifestado a respeito do caso.

Com informações do omelete

VER MAIS

VER MAIS