Luigi Vieira/divulgação
Luigi Vieira/divulgação

Humberto Gessinger faz show nesta sexta em Belém; saiba onde comprar os ingressos

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O cantor, compositor, multi-instrumentista e escritor Humberto Gessinger, apresenta o show do seu quarto disco solo, “Não Vejo a Hora” (Deck), no próximo dia 05 de agosto, sexta-feira, no palco da Assembléia Paraense.

No palco, Gessinger  (vocal, baixo, harmônicas e piano), acompanhado por Rafa Bisogno (bateria, percussão, bateria eletrônica e voz) e Felipe Rotta (guitarra, violão, bandolim e voz), apresenta clássicos de sua carreira no Engenheiros do Hawaii como “Infinita Highway”, “Refrão de Bolero” e “Terra de Gigantes”, além de canções do álbum “Não Vejo a Hora”  como “Partiu”, “Bem a Fim”, “Um dia de Cada Vez” e “Estranho Fetiche”.

CONTINUE LENDO...

Essa é mais uma turnê que Humberto Gessinger traz a Belém para alegria dos fãs paraenses que costumam prestigiar todos os seus shows e aguardavam ansiosos pela volta do artista após dois anos sem vê-lo por conta da pandemia.

A abertura ficará por conta do Marcelo Kahawage Band e do DJ Edu Couto. A programação começa a partir das 21:00h. Os ingressos estão a venda pelo site da Bilheteria Digital e nas lojas Melissa Club, JEF, Fino Trato, Posto Top, Ótica Diniz Metrópole, Espaço Náutico.

“NÃO VEJO A HORA” – O DISCO

Lançado em 2019 em CD, vinil, K7 e em todas plataformas digitais, o álbum foi gravado no Estúdio Soma em Porto Alegre e conta com duas formações, dois trios distintos: o “power trio” e o trio acústico.

Produzido por Humberto Gessinger, “Não Vejo a Hora”é o primeiro álbum de inéditas desde “InSULar” (2013) e traz 11 canções autorais gravadas com dois trios. São oito faixas com o power trio formado com Rafa Bisogno na bateria e Felipe Rotta na guitarra (músicos que o acompanham na estrada) e Humberto no baixo de seis cordas. Nas três músicas acústicas, Gessinger assume a viola caipira, acompanhado por Nando Peters no baixo acústico e Paulinho Goulart no acordeon.

As ilustrações da capa e contracapa são do artista gaúcho Felipe Constant.

“Desde o início, saquei que o material pedia uma produção ágil, rápida, para que a força das composições não se perdesse em firulas no estúdio. Foi o que a gente fez. Com exceção de alguns vocais que eu dobrei, não há overdub no disco.

Não Vejo a Hora é um disco focado na simplicidade dos trios.” Conta Humberto

SERVIÇO – Humberto Gessinger, a voz do Engenheiros do Hawaii, na turnê “insular ao vivo”

Quando: Sexta-feira, 5

Onde: Assembléia Paraense, a partir das 22h.

Abertura: DJ Edu Couto. Ingressos a venda nas Centrais Bis na Braz e nos shoppings Pátio Belém, Castanheira, Boulevard e Parque Shopping (Ótica Diniz) e nas bilheterias da AP.

Informações: 98881-5202 (WhatsApp)

VER MAIS

VER MAIS