Reprodução/China Central Television
Reprodução/China Central Television

Vídeo: China inicia exercícios militares inéditos com 11 mísseis e bloqueia acesso a Taiwan

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Nesta quinta-feira, 4, as Forças Armadas chinesas iniciaram exercícios militares com munição real em torno de Taiwan, para executar o que já é considerado as maiores manobras de guerra já realizadas pela China na região. Os exercícios foram um teste prático do bloqueio naval e aéreo da ilha autogovernada que Pequim considera parte integral do seu território.

Os exercícios começaram à 12h locais (1h no Brasil) e vão durar até as 12h de domingo (13h no Brasil), segundo a emissora estatal CCTV. Eles foram anunciados há dois dias, em represália à visita a Taiwan da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, que a China considerou uma violação da sua soberania e um estímulo à independência da ilha.

CONTINUE LENDO...

“Durante esses exercícios de combate reais, seis zonas principais ao redor da ilha foram selecionadas e, no período, todos os navios e aeronaves não devem entrar nas áreas marítimas e no espaço aéreo relevantes”, informou a CCTV. Umas das zonas fica a 20 quilômetros de Kaohsiung, a principal cidade do Sul de Taiwan.

De acordo com autoridades taiwanesas, 11 mísseis balísticos Dongfeng foram disparados em águas ao norte, sul e leste da ilha. No entanto, a agência de notícias japonesa Kyodo diz que os cinco mísseis lançados hoje caíram dentro da zona econômica exclusiva do Japão, região no mar que faz parte das águas do país e fica a cerca de 370 quilômetros da costa.

Com informações de O Globo

VER MAIS

VER MAIS