Hector Retamal / AFP
Hector Retamal / AFP

No futebol asiático, Oscar fatura mais que folha salarial de 10 clubes da Série A no Brasil

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Prestes a vestir a camisa rubro negra, como reforço para a reta final na temporada, Oscar ganhou muito dinheiro no futebol chinês. E seu faturamento no Shanghai Port, clube onde chegou em 2017 e que continuará dono dos seus direitos econômicos, é maior do que a folha salarial de 12 times que participam do Campeonato Brasileiro.

No time asiático, o meio-campista recebe 24 milhões de euros por ano, não contando com bonificações e prêmios por objetivos atingidos. Fazendo a conversão, esse valor equivale a um salário mensal de R$ 10,7 milhões.

CONTINUE LENDO...

Apesar de estar distante da rota da elite do futebol mundial, Oscar tem o décimo maior salário do planeta. Ele recebe exatamente o mesmo que o astro francês Karim Benzema, artilheiro da última Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid e um dos favoritos à Bola de Ouro neste ano.

Para vir ao Flamengo, o meio-campista terá que adaptar seu faturamento à realidade financeira do futebol brasileiro. A expectativa é que seu novo salário não chegue a R$ 1,5 milhão mensal. O seu retorno ao Brasil, provavelmente por empréstimo até dezembro, é um desejo pessoal de Oscar, que só disputou três partidas desta temporada do Campeonato Chinês antes de chegar a um princípio de acordo com a diretoria do Shanghai para ser liberado.

Oscar veio ao Brasil por questões pessoais e anunciou por meio das redes sociais que durante sua passagem pelo seu país natal, treinaria junto ao elenco do Flamengo. O clube Chinês liberou o brasileiro até dezembro. Em meio a isso, surgiram várias especulações que indicam que Oscar deve vestir a camisa do time carioca ainda em 2022, e tudo indica que está prestes a ser anunciado.

VER MAIS

VER MAIS