Reprodução
Reprodução

Incêndio em tanques de petróleo deixa vários feridos e desaparecidos em Cuba; veja

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Um incêndio em dois tanques de petróleo deixou 17 desaparecidos e 67 feridos em uma área industrial da cidade de Matanzas, na região oeste de Cuba. Dos 67 feridos, 18 estão em estado grave. Autoridades do país informaram que os desaparecidos seriam bombeiros que estavam na área mais próxima ao fogo. As autoridades ainda tentam controlar o incêndio.

O fogo começou na tarde de sexta-feira, 5, depois que um raio atingiu um dos tanques do depósito localizado nos arredores de Matanzas, cerca de 90 quilômetros a leste de Havana. Às 5h deste sábado, o fogo atingiu um segundo tonel.

CONTINUE LENDO...

Segundo o jornal oficial Granma, o primeiro tanque “continha cerca de 26.000 metros cúbicos de petróleo bruto nacional, cerca de 50% da sua capacidade máxima, quando o raio atingiu a cúpula da instalação”.

Imagens da televisão estatal cubana mostraram que o fogo estava completamente fora de controle pela manhã, uma ameaça para os outros tanques de combustível das proximidades. A área tinha oito grandes tanques de armazenamento de combustível. Cada um deles tem capacidade para 300 mil barris.

Mario Sabines Lorenzo, governador de Matanzas, informou que há cerca de 800 pessoas removidas da área. O incêndio ocorre em meio a dificuldades enfrentadas desde maio na ilha para atender ao aumento da demanda por energia devido ao calor do verão.

Com informações de O Globo

VER MAIS

VER MAIS