Reprodução/Redes sociais/WhatsApp
Reprodução/Redes sociais/WhatsApp

Noite de terror na sexta-feira 13, na Grande Belém; entenda

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Região Metropolitana de Belém passou por momentos de terror durante toda a noite da última sexta-feira, 13. De acordo com informações oficiais da Polícia Militar, pelo menos quatro atentados contra agentes de segurança pública foram registrados, além de diversos assaltos pela capital, entre eles, um localizado na Rodovia BR-316, que levou cerca de 2h de negociação para liberação de reféns.


Assassinato do cabo da Força Aérea Brasileira (FAB)

CONTINUE LENDO...


O primeiro caso chocante da noite aconteceu em um coletivo quando Criminosos invadiram e assaltaram o ônibus na Avenida Pedro Álvares Cabral, em Belém. Durante a ação, o militar reagiu ao assalto e foi assassinado a tiros. O Cabo do Comando Aéreo Norte (Comar), foi identificado como Jax Coelho da Silva, de 39 anos.


Assalto com reféns na Rodovia BR-316


A mesma dupla de assaltantes responsáveis pela morte do Cabo da Aeronáutica, desceu do ônibus, roubou uma motocicleta e seguiu para a BR-316. Eles entraram em uma outra coletiva linha Ananindeua – P. Vargas (Aurá) e anunciaram o assalto, mantendo pelo menos 28 pessoas como reféns.


A ação toda dos criminosos foi gravada pelos próprios passageiros, após exigência dos assaltantes que, segundo eles, “queriam resguardar suas integridades durante a negociação com a Polícia Militar”.


Ao todo, três criminosos foram presos e encaminhados para a Seccional da Sacramenta. Uma das armas apreendidas com os assaltantes, segundo a PM, seria a pistola do cabo Jax.


Guarda Municipal assassinado no Aurá


Segundo informações da Polícia Militar, um inspetor Rosário, da Guarda Municipal, foi assassinado a tiros no residencial Viver Aurá, localizado no bairro do Aurá, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.


Até o momento não há informações sobre o motivo do crime, que está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil.


Polícial Militar baleado no Tapanã

O subtenente da Polícia Militar, identificado como Walmir, lotado no 24ºBPM, sofreu um atentado na noite desta sexta-feira, 13, no bairro do Tapanã, em Belém. Ele foi baleado com dois tiros, um no braço e outro no abdômen na travessa Haroldo Veloso.


Segundo testemunhas, o tenente estava sentado em um bar quando foi surpreendido pelos criminosos que chegaram em um carro da cor branca. Os criminosos desceram já atirando contra o subtenente e fugiram na hora.


Atentado a Policial Penal no 40 Horas


De acordo com informações da Polícia Militar, a policial penal identificada apenas como Elizete, teve a casa invadida por bandidos na noite da última sexta-feira, 13, no bairro do 40 Horas, em Ananindeua. De acordo com informações, ela foi baleada de raspão na cabeça, após a filha, grávida intervir na ação e jogar na frente da mãe.


Ainda de acordo com informações, o bandido ainda teria tentado atirar contra a policial outras três vezes, porém, a arma falhou e os acusados fugiram do local.

VER MAIS

VER MAIS