Reprodução/Ascom PF
Reprodução/Ascom PF

Aldeia indígena tem cabeça de gado furtada e área desmatada no sudeste do Pará

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Polícia Federal (PF) investigou denúncias de indígenas das Aldeias Ka’aeté e Tekatawa que estariam sofrendo ameaças de invasão por grileiro e fazendeiros do município de São Felix do Xingu, região sudeste do Pará. A ação aconteceu nesta quarta-feira, 18, com apoio do O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Segundo a PF, os agentes constataram que pessoas, ainda não identificadas, chegaram a cavalado na aldeia Ka’aeté no último final de semana, levando cerca de 100 cabeças de gado e desmatando as áreas no entorno. Os suspeitos fugiram do local.

CONTINUE LENDO...

Na aldeia Parakanã, os índios disseram que não foram ameaçados e nem ameaças de invasão de suas terras.
Ainda de acordo com a Polícia, as equipes atuam na preservação dos direitos dos povos indígenas.

Com informações da Ascom PF.

VER MAIS

VER MAIS