Artistas e influenciadores se mobilizam em alerta sobre exploração sexual infantil no Marajó; entenda

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após a cantora gospel Aymeê apresentar sua música “Evangelho de Fariseus”, que fala sobre a Ilha do Marajó, no Pará, na semifinal do “Dom Reality”, o primeiro reality gospel do Brasil, acendeu um alerta sobre a situação dos casos de exploração infantil que assola a ilha. Diante disso, artistas e influenciadores digitais iniciaram uma campanha para se pesquisar sobre: “Ilha do Marajó”.

A situação do Marajó ganhou destaque após a jovem emocionar os jurados não somente com a sua voz e letra da música, mas também ao expor sobre o significado dela que relata o cenário da pedofilia, exploração sexual, e outras realidades que acontecem com as crianças na localidade.

CONTINUE LENDO...

Na letra, Aymeê faz uma crítica ao posicionamento de alguns líderes religiosos quanto ao que acontece na ilha: “Enquanto isso, no Marajó, o João desapareceu esperando os ceifeiros da Grande Seara”, canta a jovem. Ao final de sua apresentação, ela relatou que crianças da Ilha do Marajó se prostituem por R$5 para os turistas que visitam a região.

A cantora Manu Bahtidão compartilhou em seu perfil no Instagram, um vídeo que contra sobre a situação do Marajó. Na legenda da publicação, a artista disse: “Isso aqui me deixa de coração partido 😞💔. Na Ilha de Marajó, lá no meu Pará, as crianças já estão há anos e gerações passando por isso, devemos SIM cobrar uma atitude para que essa realidade seja mudada”.

A cantora continuou: “Espero de alguma forma estar ajudando a trazer visibilidade para essa causa, que chegue em autoridades que possam mudar o futuro das crianças da ilha do Marajó. O Instituto Akachi também está tentando mudar isso, vamos ajudar tbm!”. Veja o vídeo compartilhado pela cantora:

Após esta revelação, artistas e influenciadores abriram uma campanha em alerta ao caso, como é o casio da atriz Rafa Klimann, Thaila Ayala, Gkay, Luisa Sonza, Ludmilla, Gabi Martins, MC Daniel, dos influenciadores digitais Carlinhos Maia, o ex-Fazenda Lucas Souza, a paraense Isis Vieira, entre outros.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }