Foto: reprodução redes sociais
Foto: reprodução redes sociais

Corpo de paraense morta pelo ex-companheiro nos EUA deve chegar ao Pará em dezembro

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O corpo da paraense Melyssa Pereira da Costa, morta pelo ex-companheiro na segunda-feira, 20, na cidade de Dunbury, em Connecticut, nos Estados Unidos, deve ao Pará na segunda semana de dezembro, segundo a mãe da jovem, Francyane Ribeiro.

Em entrevista ao portal Roma News, Francyane contou que a filha vai ser enterrada em Parauapebas, sudeste do Estado, onde morava, e que o corpo de Melyssa deve chegar no prazo de 10 a 15 dias. “Acabei de falar com a pessoa que está responsável e ela falou que vão dar entrada hoje [segunda-feira, 27] na papelada no Instituto de Medicina Legal dos EUA e que o prazo é de 10 a 15 dias úteis para o corpo chegar”, contou.

CONTINUE LENDO...

Na última terça-feira, 21, a tia de Melyssa contou que a família está recebendo ajuda da Prefeitura de Parauapebas para arcar com os custos do traslado do corpo da jovem para a cidade natal, orçada em R$ 64 mil reais. “A gente mobilizou duas vaquinhas online, uma no Pará e outra das amigas nos Estados Unidos fizeram lá, para arrecadar o dinheiro para o traslado, porém o prefeito da nossa cidade de Parauapebas entrou em contato com a família, me ligou, e nos deu o apoio necessário”, disse Girlene Silva em entrevista ao Roma News.

O caso

Melyssa Pereira da Costa, de 21 anos, foi encontrada morta em casa, na cidade de Dunbury, nos Estados Unidos, no dia 20 de novembro. A família da jovem acredita que o autor do crime seja o ex-companheiro da jovem, Dheraldy Mendes, que teria tirado a própria vida após o crime. O ex-casal deixou um filho de apenas um ano.

Os dois foram para os Estados Unidos há alguns anos, construir suas vidas e trabalhar. As circunstâncias que levaram a tragédia continuam sendo investigadas, e poucas informações detalhadas sobre o crime foram divulgadas até o momento.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }