Reprodução
Reprodução

‘Deve sair da UTI hoje’, diz pai de aluno esfaqueado por colega em escola de Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O adolescente esfaqueado dentro de uma escola de Belém por um colega de turma, na última quinta-feira, 30, deve sair da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Saúde da Mulher (HSM) e ir para o apartamento, nesta segunda-feira, 3. O pai da vítima falou com exclusividade ao Portal Roma News e contou detalhes sobre o estado de saúde atual do menino.

O aluno teve o rim, o intestino, o diafragma e a parede abdominal perfurados. Ele também perdeu bastante sangue e precisou e precisou ser intubado.

CONTINUE LENDO...

Ainda não há previsão de alta, mas ainda nesta segunda-feira, 3, o adolescente deve sair da UTI e ir para o apartamento. Segundo o pai, o menino já está conversando e bem disposto. “De imediato ainda não tem previsão de alta, mas hoje provavelmente ele deve sair da UTI e ir para o apartamento. Isso significa que ele já tem condições de ficar sem os cuidados do tratamento intensivo”, comemorou.

“A evolução pós-cirúrgica foi excelente. No primeiro momento a cirurgia durou de cinco a seis horas. Saiu no dia do ocorrido, saiu meia noite do centro cirúrgico e foi para UTI. Ele foi intubado. Mas no outro dia, à tarde, ele acordou”, contou o pai.

Ele ainda agradeceu o apoio e assistência do Governo do Estado, das secretarias e do Hospital Geral de Belém, onde o filho foi atendido de imediato, o que contribuiu para que a recuperação do menino fosse mais eficaz.

Relembre o caso

Na tarde da última quinta-feira, 30, um aluno da Escola Estadual Palmira Gabriel, localizada na Avenida Augusto Montenegro, no bairro do Tenoné, em Belém, feriu um colega de sala com um canivete. O suspeito também tinha uma machadinha, um estilete e uma faca dentro da mochila.

Segundo testemunhas, o motivo do crime seria porque a vítima jogou uma bolinha de papel nele. Após ferir o colega, o suspeito tentou fugir, mas foi alcançado pelo porteiro da escola e levado para a sala da diretoria até a chegada da polícia.

O agressor de 17 anos e foi levado para a Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data). A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital Geral de Belém, onde passou por cirurgia.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }