Reprodução redes sociais
Reprodução redes sociais

EXCLUSIVO: ‘Acreditar em milagre’, diz tia de paraense que pode ser condenada à morte na Indonésia

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Em entrevista exclusiva à repórter Fernanda Cavalcante do Portal Roma News, Luíza Araújo, tia de Manuela Vitória de Araújo Farias, de 19 anos, presa na Indonésia por tráfico de drogas desde janeiro, contou que a família da jovem espera um milagre. No país asiático, acusados de tráfico de drogas podem ser condenados à morte.

Segundo ela, a família vive momentos de angústia e medo. “É um turbilhão de sentimentos, um verdadeiro pesadelo que não sabemos quando nem como vai terminar. Angústia, medo e, em alguns momentos, é desesperador. Só nos resta acreditar em um milagre, pois só Deus para livrar nossa Manu. Não podemos perder a fé”.

CONTINUE LENDO...

Ainda de acordo com a tia de Manu, todo o cotidiano da família foi abalado pela notícia da prisão da jovem. “Até tentamos levar uma vida normal, mas é impossível. Fomos todos pegos de surpresa e estamos completamente sem chão. A mãe e o pai da Manu estão muito abalados e isolados, não tenho nem como descrever”.

Manu foi presa em flagrante com aproximadamente três quilos de cocaína, no Aeroporto Internacional Ngurah Rai, em Bali. A jovem está no Presídio Feminino de Kerobokan onde aguarda a sentença que pode condená-la à pena de morte.

O julgamento começou no início de abril e o quarto interrogatório estava programado para a última terça-feira, 2, mas foi adiada para a próxima terça-feira, 9, porque o tradutor da audiência teria ficado doente. Manu alega inocência e diz não saber como a droga foi parar em sua bolsa.

VER MAIS

VER MAIS