Foto: reprodução redes sociais
Foto: reprodução redes sociais

Família de paraense morta pelo ex-companheiro nos EUA pode receber corpo da jovem no Natal

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A família da paraense Melyssa Pereira da Costamorta pelo ex-companheiro no dia 20 de novembro, na cidade de Dunbury, em Connecticut, nos Estados Unidos, deve receber o corpo da jovem no dia do Natal, 25 de dezembro. A mãe de Melyssa, Francyane Ribeiro, contou ao portal Roma News que a previsão é que o corpo chegue entre 15 e 20 dias úteis (contados a partir de 4 de dezembro) ao Pará.

“Elas [autoridades] me falaram que era para eu contar de 15 a 20 dias úteis. Dentro desses 15 dias, pode ser com 16, 17, 18…que ela pode chegar. Eu estava somando aqui e vi que vai dar entre o dia 25 e 29 e a qualquer hora podem ligar dizendo que está chegando”, disse Francyane.

CONTINUE LENDO...

A família está recebendo ajuda da Prefeitura de Parauapebas para arcar com os custos do traslado do corpo da jovem para a cidade natal, orçada em R$ 64 mil reais. Melyssa vai ser enterrada em Parauapebas, sudeste do estado, onde morava.

O caso

Melyssa Pereira da Costa, de 21 anos, foi encontrada morta em casa, na cidade de Dunbury, nos Estados Unidos, no dia 20 de novembro. A família da jovem acredita que o autor do crime seja o ex-companheiro da jovem, Dheraldy Mendes, que teria tirado a própria vida após o crime. O ex-casal deixou um filho de apenas um ano.

Os dois foram para os Estados Unidos há alguns anos, construir suas vidas e trabalhar. As circunstâncias que levaram a tragédia continuam sendo investigadas, e poucas informações detalhadas sobre o crime foram divulgadas até o momento.

VER MAIS

VER MAIS