Ag. Belém
Ag. Belém

Forças da Segurança Pública se mantém presentes após três dias de manifestações em Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Foças de segurança pública se mantem presente em frente ao 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2ºBIS) neta quinta-feira, 3, para garantir o direito de ir e vir.  A força-tarefa da segurança pública faz com que o trânsito transcorra tranquilo e com fluidez na avenida Almirante Barroso, entre as avenidas Júlio César e Tavares Bastos, no bairro do Souza, no quarto dia de atos.

A presença de manifestantes foi tímida durante toda a manhã desta quinta no local. Fundamentados na Constituição Federal, agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA) permaneceram naquele perímetro, para garantir o direito de ir e vir do cidadão na Almirante Barroso, uma das principais avenidas da capital paraense. 

CONTINUE LENDO...

“Estou me sentindo aliviada depois de dois dias complicados aqui. Eu acredito que eles (manifestantes) estão atrapalhando o nosso meio de locomoção e nós acabamos sofrendo por algo que não temos culpa”, desabafa a universitária Renata Martins, que pega ônibus diariamente no perímetro onde o ato está ocorrendo, para se deslocar do estágio para a Universidade Federal do Pará (UFPA). 

O técnico em Segurança do Trabalho, Ricardo Sousa, que utiliza a bicicleta como meio de transporte para chegar ao seu local de trabalho, passa todos os dias pelo perímetro onde estão sendo feitas as manifestações.

“A liberação da rua foi algo bom, isso permite que o trabalhador chegue em seu trabalho no tempo determinado. Eles têm o direito de manifestar, só não podem prejudicar o direito de ir e vir da população”, avalia o ciclista. 

Liberação da via 

Em um esforço conjunto entre diversas entidades da Segurança Pública da capital paraense, a avenida Almirante Barroso foi liberada nesta terça-feira, 1º, por volta das 15h, em sua totalidade para o fluxo de veículos e pedestres, após dois dias de interdição provocadas por protestos.

A iniciativa cumpre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que determinou à Polícia Rodoviária Federal e às respectivas polícias militares estaduais imediata desobstrução de todas as vias públicas que estivessem com o fluxo interrompido, garantindo o resguardo da ordem no entorno e, principalmente, à segurança dos pedestres, motoristas, passageiros e dos próprios participantes do movimento que fere os direitos constitucionais. 

A Prefeitura de Belém, por meio da Guarda Municipal e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), presta auxílio à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), órgão responsável por coordenar a operação integrada desde o início desta semana, com planejamento de ações que visam coibir a obstrução da avenida Almirante Barroso. 

Com informações da Agência Belém

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }