Foto: Divulgação/PC-PA
Foto: Divulgação/PC-PA

Homem é preso em Santa Catarina por envolvimento na morte de torcedor do Paysandu, no Pará

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A operação “Cartão Vermelho”, deflagrada pela Delegacia de Homicídios Metropolitana (DHM) da Polícia Civil do Pará, resultou no cumprimento de um mandado de prisão contra um homem investigado por homicídio qualificado e associação criminosa, na última terça-feira, 28, em Joinville–SC. O suspeito, conhecido como um dos líderes de uma torcida organizada, cometeu o crime contra a vítima Yarlen Kauã Lobato dos Santos, que tinha 19 anos e era torcedor do Paysandu.

“O ataque, previamente planejado, aconteceu no dia 4 de fevereiro passado, após o ‘Clássico Repa’, na avenida Independência, em Ananindeua. Na ação criminosa, o jovem foi agredido com barras de ferro. Posteriormente, a vítima foi submetida à internação hospitalar, no entanto, infelizmente, morreu em 9 de fevereiro”, detalha o delegado-geral da Polícia Civil do Pará, Walter Resende.

CONTINUE LENDO...

Após o serviço investigativo, a equipe obteve a localização do criminoso, que foi encontrado com o apoio da Delegacia de Homicídios (DH) de Joinville–SC. “Assim que a equipe obteve a localização do investigado, ele foi preso no município santa catarinense e conduzido ao sistema prisional, onde permanece à disposição do Poder Judiciário”, informa o delegado Fernando Rocha.

No dia 10 de abril deste ano, a operação ‘Cartão Vermelho’, cumpriu diversos mandados de prisão e busca e apreensão em Belém e na Região Metropolitana (RMB) contra torcidas organizadas no estado do Pará. A deflagração acontece após a terceira morte de torcedor nos primeiros meses de 2024.

Segundo a corporação, mais de 23 pessoas já foram presas, suspeitas de homicídios, lesão corporal e fabricação de artefatos explosivos. Ao todo, a operação cumpre 30 mandados de prisão, entre temporárias e preventivas, e 28 mandados de busca e apreensão. Entre os itens apreendidos, estão uma pistola e aparelhos celulares. Ao todo mais de 200 policiais e 50 viaturas foram empenhados na ação, que ocorre juntamente à proibição de seis torcidas organizadas em estádios durante jogos do Remo e do Paysandu.

A Polícia Civil segue realizando buscas para que todos os envolvidos no crime sejam responsabilizados.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }