Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Jogo do Tigrinho: influenciadora paraense manda mensagem para amiga antes de prisão em Recife: ‘me ficharam. Não acredito’

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Uma influenciadora paraense mandou mensagens para uma amiga avisando que estava sendo presa na operação “Truque de Mestre“, deflagada pela Polícia Civil (PC) nesta segunda-feira, 18, que investiga influenciadores de divulgação do jogo de azar do “Tigrinho“. Rayssa Mota, uma das influenciadoras alvo da operação, chegou a informar uma amiga por meio de um aplicativo de mensagens, que foi presa pela Polícia Federal, em Recife, no nordeste do Brasil. Durante entrevista coletiva no inicio desta tarde, o delegado Arthur Nobre confirmou que uma influenciadora foi presa no municipio nordestino.

Uma fonte ligada a influenciadora, revelou as mensagens que recebeu de Rayssa, informando sobre a prisão. Prints enviados com exclusividade ao Roma News, revelam a conversa entre as duas. A influenciadora ainda afirma na conversa que estaria sendo “fichada”, e foi indiciada por estelionato. Nas mensagens ela chega a falar que não estaria acreditando no que estava acontecendo.

CONTINUE LENDO...

Veja:

O delegado Arthur Nobre, durante a entrevista coletiva desta tarde, revelou detalhes da operação “Truque de Mestre” que invetiga influenciadores de divulgar o jogo de azar do “Tigrinho”, é composta por diversas fases, ele informou que nesta primeira fase a influenciadora presa em Recife, teria ido ao estado para lancar uma plataforma. No Instagram, Rayssa Mota chegou a postar um story informando que estaria indo para “um lancamento”.

A influenciadora chegou a publica um vídeo em sua rede social para tranquilizar seus seguidores, informando que já teria entrado em contato com um advogado que estaria a caminho, para encontra-la em Recife, mas horas depois ela apagou o vídeo.

Assista:

Operação

A operação da Polícia Civil (PC), realizada na manhã desta segunda-feira, 18, em Belém, mira influenciadores digitais investigados por divulgar jogos de azar, conhecidos como ‘jogo do tigrinho’, através das redes sociais. Sete pessoas foram presas, pelo menos quatro são influenciadores.

No total, são 12 mandados de prisão e mandados de busca e apreensão, segundo a polícia, que cumpriu alguns deles em condomínios de luxo e a uma casa de prostituição em Belém. Os agentes apreenderam cinco carros de luxo, duas motos, aparelhos eletrônicos e documentos que subsidiarão as investigações.

Um dos alvos dos mandados foi uma casa de prostituição, localizada no bairro do Campina, em Belém, pertencente a uma influenciadora digital. Segundo as investigações, o local era utilizado para lavagem de dinheiro do esquema criminoso. Além disso, os agentes também estiveram em condomínios de luxo, na Grande Belém.

Veja quem são os influenciadores presos clicando aqui.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }