Reprodução redes sociais
Reprodução redes sociais

Justiça converte em preventiva prisão de suspeito de matar esposa estrangulada em Ananindeua, na Grande Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Tribunal de Justiça do Estado do Pará decidiu pela prisão preventiva de Fábio Anderson Ribeiro de Andrade, 45 anos, acusado de estrangular e matar a esposa Danielle Rocha Goyana, 41 anos, dentro de casa, no bairro do Coqueiro, em Ananindeua, na Grande Belém, na última segunda-feira, 3.

A decisão foi tomada pelo juiz Emanoel Jorge Dias Mouta, após uma audiência de custódia feita por videoconferência pela Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Ananindeua, no final da manhã desta terça-feira, 4. Além do acusado, um representante do Ministério Público e o advogado de Fábio participaram.

CONTINUE LENDO...

Na decisão, o juiz alega que Fabio “não possui condição de voltar ao convívio social nesta fase do procedimento sem acarretar abalo à ordem pública […] e deixo de conceder fiança, pois, consoante transcrito na fundamentação declinada nas linhas anteriores, há razão para a ocorrência de prisão preventiva.”

O juiz ainda cita que converte a prisão em flagrante para preventiva “em face da necessidade de garantir a ordem pública e assegurar a instrução criminal, não se vislumbrando a eficácia na aplicação de medida cautelar diversa da prisão.”

O juiz ainda autoriza o acesso policial aos “aparelhos celulares, apreendidos por ocasião da prisão em flagrante, bem como aos dados e aos contatos armazenados, tanto nos aparelhos como em aplicativos eventualmente instalados, tais como ‘Whatsapp’, com vista à obtenção de mais elementos de prova da materialidade do delito demonstrado no presente feito, e/ou de outros ainda não identificados.”

Relembre o caso

Danielle Rocha Goyana, de 41 anos, foi assassinada na tarde de segunda-feira, 3, dentro da casa onde morava, na travessa WE-9B, na Cidade Nova IX, bairro do Coqueiro, em Ananindeua. O principal suspeito é Fábio Anderson Ribeiro Andrade, de 45 anos, o marido da vítima.

Segundo o Boletim Policial, após receber voz de prisão, Fábio confessou que teria estrangulado a vítima com um golpe conhecido como mata-leão. Além disso, o homem teria matado Danielle há cerca de 45 minutos antes da chegada da polícia no local. Após o crime, o suspeito teria tentado suicídio.

O corpo de Danielle está sendo velado nesta terça-feira, 4, na capela Max Domini, em Belém.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }