Redes Sociais
Redes Sociais

Mulher confessa que matou sargento da PM em Santarém, no Pará, mas alega legítima defesa

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Daniele Siqueira da Silva e Silva, 37 anos, presa em flagrante pela morte do 3º sargento da Polícia Militar Márcio Anderson Vinhote Silva, 42 anos, confessou ao seu advogado Igor Célio Dolzanis que foi a autora das facadas que causaram a morte do marido, mas alegou ter agido em legítima defesa.

Segundo o advogado, Daniele relatou que o sargento teve um surto psicótico, pois tomava remédio controlado há cinco anos. O marido teria disparado cerca de dez tiros dentro da residência do casal, e dois em direção a ela. Momento em que pegou uma arma branca e desferiu os golpes.

CONTINUE LENDO...

Daniele se manteve em silêncio na delegacia, a defesa vai pedir a perícia do local, assim como o exame cadavérico de necrópsia.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }